Venezuela quer petróleo de volta a US$ 100 por barril

A Venezuela quer que os preços do petróleo voltem para US$ 100,00 por barril, afirmou nesta terça-feira o ministro de Relações Exteriores do país, Rafael Ramírez, a dois dias da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para discutir a produção do cartel, em Viena.

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2014 | 16h01

Ramírez, que vai representar a Venezuela na reunião de quinta-feira, disse a repórteres que o "preço (do petróleo) precisa ser de US$ 100,00 por barril, que é um preço justo".

O comentário foi feito após Ramírez sair de um encontro com representantes da Arábia Saudita, o maior produtor da Opep, e da Rússia e México, que não pertencem ao cartel.

Segundo Ramírez, os quatro países que se reuniram hoje vão manter contato e realizar novo encontro daqui a três meses.

"Cada um tem sua própria visão do mercado, mas todos concordam que o nível do preço não é bom...todos estão preocupados com os preços", disse Ramírez. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelapetróleopreçoUS$ 100

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.