Volkswagen aumenta previsão de investimento

Volkswagen aumenta previsão de investimento

A companhia elevou a previsão de gastos em 1,1 bilhão de euros devido a custos mais altos para o desenvolvimento de tecnologias para a redução de emissões de gás carbônico

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2014 | 11h33

O grupo Volkswagen declarou nesta sexta-feira que irá aumentar o investimento previsto para os próximos cinco anos para 85,6 bilhões de euros (US$ 107,3 bilhões). A companhia elevou a previsão de gastos em 1,1 bilhão de euros devido a custos mais altos para o desenvolvimento de tecnologias para a redução de emissões de gás carbônico.

As joint ventures da empresa na China, que não estão consolidadas nos resultados do grupo, investirão mais 22 bilhões de euros entre 2015 e 2019, financiados pelo fluxo de caixa das empresas chinesas.

A decisão da Volkswagen confirmou as expectativas de que o maior grupo automotivo da Europa em vendas não irá cortar seus gastos em sua tentativa de reduzir custos até 2017. "Os custos de desenvolvimento irão permanecer altos no futuro como um resultado da grande pressão por inovação e aumento na demanda na indústria automotiva em relação às leis de emissão", declarou o diretor executivo Martin Winterkorn.

"Isso suscita preocupações de que os custos fixos da VW no momento podem de fato se tornar um problema maior", afirma o diretor de pesquisa automotiva do grupo de pesquisa Evercore ISI, Arndt Ellinghorst. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Volkswageninvestimentoprevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.