Wal-Mart vende 85 lojas e sai da Alemanha

A Wal-Mart Stores Inc., maior varejista do mundo, disse que vai vender as 85 lojas que possui na Alemanha para a rede européia Metro e deixar o país. Os termos financeiros do acordo não foram divulgados.Desde que entrou na Alemanha, por meio da compra de duas pequenas cadeias de supermercados há oito anos, o grupo norte-americano vinha enfrentando dificuldades com clientes, concorrentes e funcionários e registrando prejuízos. Recentemente, a companhia adotou medidas para reduzir seus custos operacionais e estreitar as relações com fornecedores. A Wal-Mart disse que vai registrar um prejuízo antes de impostos de cerca de US$ 1 bilhão com a saída da Alemanha."Estava ficando cada vez mais claro que, no ambiente de negócios da Alemanha, seria difícil obtermos a escala e os resultados que desejamos. Essa venda hoje nos deixa em uma posição para aumentar o foco nos mercados onde podemos atingir nossos objetivos."As operações internacionais do Wal-Mart respondem por cerca de 20% das vendas totais da companhia. Em comparação com suas principais concorrentes mundiais, a Wal-Mart tem um alcance global muito menor. Em maio, o grupo vendeu as 16 lojas que tinha na Coréia do Sul e saiu do país. Depois de deixar a Alemanha, a rede terá operações em 13 países. Para efeito de comparação, o Carrefour, segunda maior varejista do mundo, está presente em 29. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.