Wall Street avança com dado de atividade industrial

Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em alta, após dados mostrarem que a atividade do setor industrial da região da Filadélfia atingiu o maior nível desde janeiro de 2004. O indicador ofuscou inclusive uma leitura mais fraca que a esperada em um relatório sobre os pedidos de auxílio-desemprego no país e o avanço tímido do índice de preços ao consumidor norte-americano, fatores que mais cedo chegaram a pesar sobre as bolsas.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

17 de fevereiro de 2011 | 19h52

O Dow Jones subiu 29,97 pontos, ou 0,24%, para 12.318,14 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 6,02 pontos, ou 0,21%, a 2.831,58 pontos. O S&P-500 avançou 4,11 pontos, ou 0,31%, para 1.340,43 pontos.

Pela manhã, o Departamento de Trabalho dos EUA divulgou que o número de norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego aumentou 25 mil na semana encerrada em 12 de fevereiro, para 410 mil, enquanto economistas esperavam uma alta de 17 mil solicitações. O órgão também anunciou que o índice de preços ao consumidor (CPI) subiu 0,4% em janeiro em relação a dezembro, acompanhado por um avanço de 0,2% em seu núcleo. As duas leituras superaram as expectativas do mercado em 0,1 ponto porcentual, mas sugeriram que a inflação segue fraca nos EUA.

O humor dos investidores melhorou depois de o Federal Reserve da Filadélfia divulgar que seu índice de atividade industrial subiu para 35,9 em fevereiro, de 19,3 em janeiro. Os economistas tinham previsto um aumento para 20,5.

Os investidores estão atentos às manifestações na Líbia e no Bahrein e também ao aumento das tensões entre Israel e Irã. "Se fosse apenas o Irã mandando os navios de guerra, seria uma coisa, mas temos a Líbia e o Bahrein, somados ao Egito", disse Jay Suskind, vice-presidente da Duncan Williams. "Ainda acho que o investidor médio está mais preocupado com a economia doméstica. A tempestade geopolítica pode estimular alguns a realizar lucros."

Entre os destaques da sessão, a fabricante de chips Nvidia fechou em alta de 9,84% depois de anunciar que seu lucro do quarto trimestre cresceu 31% na comparação com igual período do ano passado. As ações da Weight Watchers fecharam em alta de 45,57%, a US$ 65,39, e atingiram uma nova máxima histórica após a companhia divulgar que seu lucro do quarto trimestre mais do que duplicou na comparação com igual período do ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaq

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.