AB InBev compra restante de Grupo Modelo por US$20 bi

A Anheuser-Busch InBev comprará a metade do Grupo Modelo que ainda não possui por 20,1 bilhões de dólares, no mais recente de uma série de acordos envolvendo grandes cervejarias que buscam o crescimento em países emergentes.

PHILI, Reuters

29 de junho de 2012 | 07h38

A AB InBev, maior cervejaria do mundo e dona das marcas Budweiser e Stella Artois, anunciou nesta sexta-feira ter chegado a um acordo com as famílias controladoras da Modelo para assegurar a posição de liderança no crescente mercado mexicano de cerveja e controlar a marca Corona, a mais vendida do país.

A cervejaria Modelo, fundada em 1925, é a maior do México, com uma participação de mercado de mais de 50 por cento, em um aparente duopólio com a FEMSA Cerveza, da Heineken, no quarto mais lucrativo mercado de cerveja do mundo. A Corona é a cerveja mais importada em outro grande mercado, os Estados Unidos.

Segundo a AB InBev, a aquisição vai gerar uma economia de custos de pelo menos 600 milhões de dólares por ano.

A AB InBev informou ter buscado 14 bilhões de dólares em novos empréstimos bancários para financiar a transação em dinheiro, acrescentando que reduzirá a relação dívida líquida sobre Ebitda (geração de caixa) para uma proporção de 2 vezes durante 2014.

A nova AB InBev expandida deve produzir cerca de 400 milhões de hectolitros de cerveja por ano, com receitas estimadas em 47 bilhões de dólares.

Em uma transação separada, mas relacionada, a Modelo venderá sua fatia de 50 por cento na joint-venture Crown Imports para a parceira Constellation Brands por 1,85 bilhão de dólares. A Crown Imports distribui as cervejas da Modelo nos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:
ALIMENTOSABINBEVMODELO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.