Abilio Diniz elogia governo e economia do País

O empresário Abílio Diniz fez nesta segunda-feira, 19, uma enfática defesa dos avanços econômicos e sociais alcançados pelo governo nos últimos 10 anos. Durante uma palestra para alunos da Fundação Getulio Vargas no Rio, o empresário lembrou que o governo melhorou a condição de vida de cerca de 20 milhões de brasileiros, que antes estavam abaixo da linha da pobreza.

MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

19 de agosto de 2013 | 21h56

"Houve em uma década realmente uma mudança de patamar", disse, após negar ser um otimista excessivo. O empresário deixou claro que muitas vezes é acusado de ter uma visão otimista por ser próximo da atual presidente da República, Dilma Rousseff, e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ambos do PT.

"Dizem `ele é amigo da Dilma e do Lula''. Sou, mas tenho que reconhecer (os avanços)", enfatizou. Para o empresário, que preside o Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar e da BRF, a retirada desses 20 milhões brasileiros da posição abaixo da linha da pobreza elevou o Brasil a outro patamar.

Muito aplaudido, Diniz enfatizou que o Brasil deixou de ser o país do futuro. Apesar dos problemas enfrentados, o País segue muito cobiçado por investidores estrangeiros, afirmou. "A situação não está tão ruim assim (...) Tem muita gente saindo, mas também tem muita gente querendo entrar", garantiu. E completou: "O Brasil é o país emergente mais cobiçado".

Tudo o que sabemos sobre:
Abilio Dinizelogios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.