Abril Educação se volta para o crescimento orgânico

A Abril Educação deixará por um tempo o mercado de fusões e aquisições para focar no processo de crescimento orgânico e de sinergia entre os negócios da companhia, disse, nesta quinta-feira, 24, o presidente Manoel Amorim, durante reunião com investidores sobre a Wise Up, adquirida em abril deste ano.

GABRIELA VIEIRA, Agencia Estado

24 de outubro de 2013 | 13h09

Segundo executivos da Abril, uma das sinergias consiste na oferta de cursos da rede de ensino de inglês para escolas clientes dos sistemas de ensino na empresa. Outra ideia é integrar o modelo de negócio da Wise Up com outras marcas de idiomas do grupo, principalmente a Red Baloon.

A mudança de foco da companhia visa melhorar o desempenho da Wise Up. Em junho, a empresa teve queda nas vendas do material didático, que representam de 80% a 85% da receita. Além disso, a tendência para o ano é de desaceleração no número de franquias e de alunos. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no acumulado de 2013 também está abaixo da expectativa. "O resultado ficou abaixo na nossa expectativa e bem abaixo do potencial do negócio", explicou Amorim.

Para o presidente, a demora na aprovação da aquisição pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a saída do executivo que assumiria o cargo de CEO logo após a operação foram prejudiciais para a companhia, gerando muita especulação.

Além do processo de integração e sinergia, a Abril Educação aposta nos investimentos da Wise Up em publicidade, como o patrocínio da Copa do Mundo, para um começo de ano "forte" em 2014. "Ainda temos um série de coisas para fazer para explorar esse negócio, que tem grande potencial", afirmou Amorim. Segundo a empresa, a Wise Up tem potencial de expansão de 757 franquias. Hoje, a rede de idioma conta com 396 unidades em todo o País.

Tudo o que sabemos sobre:
Abril Educaçãocrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.