Ação do Twitter sofre primeiro rebaixamento

O analista sênior Brian Wieser, do Pivotal Research Group, foi o primeiro a rebaixar a ação do Twitter horas depois de o papel estrear na Bolsa de Nova York. O papel foi rebaixado de "compra" para "venda".

Agencia Estado

07 de novembro de 2013 | 17h17

A ação, que saiu a US$ 26 na abertura de capital e começou a ser negociada a US$ 45,10, chegou a bater em US$ 50 e subia 75% perto das 16h50, como o papel mais negociado da bolsa norte-americana nesta quinta-feira, 07. "Com o preço nesse nível, o Twitter é simplesmente muito caro", disse Wieser. Segundo ele, um preço entre US$ 25 e US$ 35 seria "razoável". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Twitterrebaixamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.