Acionistas da Ameristeel aprovam venda para Gerdau por US$1,7 bi

A Gerdau e sua subsidiária canadense Gerdau Ameristeel anunciaram nesta terça-feira que os acionistas da unidade norte-americana aprovaram o plano estruturado que estipula a venda da Gerdau Ameristeel para a Gerdau por 1,7 bilhão de dólares.

REUTERS

24 de agosto de 2010 | 15h22

De acordo com o comunicado, a resolução foi aprovada por 93 por cento dos votos apresentados por detentores de ações ordinárias e 74 por cento do capital votante minoritário. Conforme previsto, a quantia por papel da Ameristeel ficou em 11 dólares pagos em dinheiro.

De acordo com a Gerdau, maior produtora de aços longos das Américas, a expectativa é de que o plano estruturado seja concluído ainda este mês.

A empresa havia anunciado em junho que seu conselho aprovara a aquisição de todas as ações de sua unidade norte-americana. Na época, o valor representava um ágio de 45,9 por cento sobre o preço de fechamento da ação nos 30 dias de negócios anteriores.

Separadamente a Gerdau anunciou que seu conselho aprovou dois adiantamentos para futuro aumento de capital, em até 275 milhões de reais para a Gerdau Internacional e até 645 milhões de reais para Gerdau Aços Especiais.

As ações da siderúrgica brasileira tinham queda de 1,51 por cento, para 23,45 reais, enquanto o papel da Ameristeel subia 1,22 por cento, a 11,63 dólares canadenses.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa)

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAGERDAUCOMPRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.