Ações da Apple sobem com rumores sobre iPhone 5

As ações da Apple atingiram novas máximas nesta sexta-feira, impulsionadas por rumores sobre os novos iPhone e iPad. O analista do banco de investimentos americano Jefferies Peter Misek afirmou que a nova versão do iPhone poderá ser lançada em meados de setembro, de acordo com o The Wall Street Journal. Misek aumentou o preço-alvo do papel da Apple para US$ 900, de US$ 800, e previu que o iPhone 5 poderá "ser o maior lançamento de celular da história".

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

17 de agosto de 2012 | 14h01

As ações da Apple subiram mais de 12% desde o fim de julho, quando a companhia divulgou seu balanço mais recente. Os resultados ficaram abaixo das previsões dos analistas, que desencadearam um onda de vendas e elevaram temores sobre a taxa de crescimento da Apple.

Mas essas preocupações desapareceram rapidamente, enquanto os investidores centram foco agora em novos produtos potenciais. Misek disse que canais de verificações com produtores asiáticos de componentes sugerem que a Apple poder estar perto de lançar o tão falado iPad Mini.

O analista também prevê que um novo produto de TV da Apple "está em plena produção". No início da semana, o ESJ disse que a Apple estava em conversações com algumas operadoras de TV a cabo sobre fazer grandes movimentos no mercado de TV. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AppleaçõesiPhone 5

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.