Ações do Facebook têm mínima com análises pessimistas

As ações do Facebook atingiram uma nova mínima nesta sexta-feira, de US$ 18,19, menos da metade do valor de US$ 38 da Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês) de ações da empresa em maio, em meio a uma série de análises pessimistas.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

31 de agosto de 2012 | 14h42

O BofA/Merrill cortou o preço-alvo da ação do Facebook para US$ 23, de US$ 35, enquanto o BMO Capital Markets reduziu o preço-alvo para US$ 15, de US$ 25, e classificou a ação como "underperform (desempenho abaixo da média do mercado).

Já a corretora Stifel Nicolaus foi mais "construtiva" sobre os papéis, mas alertou sobre uma "falta de ímpeto dos lucros" e bilhões de ações adicionais que se tornarão elegíveis para serem colocadas no mercado mais para o fim do ano.

Às 14h (de Brasília), as ações do Facebook operavam em queda de 4,44%, para US% 18,24, na Bolsa de Nova York. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesFacebookmínimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.