Acordo suspende greve de trabalhadores das usinas do rio Madeira

Os trabalhadores das usinas de Santo Antonio e Jirau, no rio Madeira (RO), retomam nesta sexta-feira à obra após dois dias de paralisação, informou o administrador do sindicato da categoria em Rondônia, Anderson Machado.

REUTERS

11 de setembro de 2009 | 09h47

Segundo o sindicalista, a greve foi apenas interrompida enquanto o sindicato negocia com as construtoras, e pode ser retomada se não houver acordo.

A categoria reivindica aumento de 10 por cento e ampliação das categorias que integram a tabela de remuneração.

"Teremos nova reunião com os patrões no dia 22 e se o acordo for fechado a greve será encerrada no dia 23", explicou.

Os consórcios responsáveis pela obra ainda não possuem informações sobre eventuais prejuízos causados pelos dois dias de paralisação.

(Por Denise Luna)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAMADEIRAGREVESUSPENSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.