Açúcar e etanol derrubam em 60% lucro da Bunge

A Bunge foi atingida pela redução de taxa de mistura de etanol no Brasil e o aumento das importações de etanol de milho dos Estados Unidos, o que prejudicou as margens de lucro da empresa na América do Sul.

PAULA MOURA, Agencia Estado

26 de abril de 2012 | 14h58

O segmento de açúcar e bioenergia da companhia entrou no vermelho num período geralmente calmo antes da colheita brasileira. A Bunge cortou sua projeção de moagem de cana para o ano devido ao impacto do clima seco sobre a safra. A companhia tem cultivado seu próprio açúcar num esforço para atender a capacidade de suas novas usinas.

A empresa anunciou nesta quinta-feira uma queda de 60% nos lucros do primeiro trimestre com o recuo dos preços de fertilizantes e margens desfavoráveis para o etanol. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Bungebalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.