Açúcar/Cenário: relatório de traders pode deixar Nybot construtiva

São Paulo, 30 - O mercado de açúcar na Nybot pode ficar um pouco mais construtivo nesta semana diante do resultado do relatório de traders divulgado na sexta, que foi considerado mais positivo que o esperado. O relatório mostrou que os fundos e especuladores estão com uma posição líquida comprada de 57.902 lotes ante 72.951 lotes na semana anterior. "A expectativa era de que o saldo comprado fosse maior", disse Adriano Vilar, da Coimex Trading. Nilson Wirth Monteiro, da Link Corretora, também acredita que os commitments foram positivos para os preços. "O relatório mostrou que os fundos já liquidaram grande parte de seu estoque comprado e isto pode permitir que os preços fiquem mais construtivos", disse. Monteiro ressalta também o fato dos fundos terem tentado, na sexta, derrubar o mercado para um nível abaixo de 7,60 cents sem sucesso, à medida que tradings compram nas mínimas. Porém, em torno de 7,75 cents, ordens de venda de origem impediram que os preços subissem. Segundo ele, o mercado deve permanecer em um intervalo entre 7,50 e 7,75 cents no curto prazo. Para Vilar, da Coimex, suporte pode vir de novos negócios no físico e de problemas relatados nas safras da União Européia e da Austrália, que estão sofrendo com o excesso de chuvas. No mercado interno, Vilar informa que as usinas começaram a estocar açúcar tendo em vista a demanda satisfeita internamente neste momento e isto está pressionando as cotações. Segundo ele, a saca ainda sai por R$ 30 no curto prazo. O Indicador fechou a sexta em queda a R$ 29,75. (Eduardo Magossi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.