Aftosa: MS faz vacinação de reforço na fronteira com Paraguai

São Paulo, 25 - Os municípios de Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira, no Mato Grosso do Sul, devem começar ainda esta semana a fazer vacinação de reforço contra a febre aftosa no rebanho de cerca de 250 mil bovinos, segundo informação do delegado do Ministério da Agricultura no Mato Grosso do Sul, José Antonio Roldão. Segundo ele, trata-se de uma estratégia de prevenção contra aftosa. Roldão explica que a vacinação de reforço nestes municípios deve começar de imediato. "Estamos resolvendo apenas alguns problemas logísticos para disponibilizar rapidamente as vacinas necessárias", disse. Roldão explica que o reforço contra a aftosa será feito dada os casos de rinotraquenite que estão sendo observados no Paraguai e que possuem sintomatologia bastante semelhante ao da aftosa. (Eduardo Magossi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.