Agência Moody’s eleva nota de crédito da BRF a grau de investimento

Segundo a agência a elevação reflete o bom perfil de negócios da empresa, a posição financeira sólida e a liderança em vários segmentos do setor

Renato Martins, da Agência EStado,

23 de março de 2012 | 21h38

SÃO PAULO - A Moody's Investors Service elevou o rating da dívida sênior não garantida da BRF - Brasil Foods para Baa3 (grau de investimento), com perspectiva estável. O rating Ba1 que a Moody's atribuía à "família" de empresas ligadas à BRF foi retirado.

Em relatório, a Moody's diz que "a elevação para grau de investimento reflete o bom perfil de negócios da Brasil Foods, a posição financeira sólida e a liderança tanto em categorias relevantes de alimentos processados como em exportações globais de frango".

"Em nossa opinião, a carteira de valor agregado da empresa e suas marcas fortes trazem estabilidade à margem e tornam a empresa mais resistentes à volatilidade dos preços das commodities", disse a analista da Moody's Marianna Waltz. 

Tudo o que sabemos sobre:
BRFMoody's

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.