Agenda: 24/01/2006

Pronaf: palestras vão orientar produtores de São PauloSecretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Banco do Brasil, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp) e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), lançam oficialmente nesta terça-feira (24), às 10 horas, o Projeto "Encontros Regionais de Agricultura Familiar". O evento será realizado na sede da Fetaesp, durante coletiva para imprensa. A partir do próximo dia 25, terá início uma turnê de palestras por 14 regiões do interior de São Paulo, de abrangência a 266 municípios, onde serão divulgadas aos agricultores informações sobre os principais alicerces do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) - crédito, comercialização e assistência técnica. Os encontros são formatados com uma grade fixa e contínua de programação, sempre no período das 8 às 13 horas, intercalando palestras proferidas por representantes dos órgãos parceiros do projeto ou de entidades convidadas ligadas ao setor agropecuário. São Miguel Arcanjo será a primeira cidade do cronograma (dia 25), que tem seu término previsto para fim de julho de 2006. A Fetaesp fica na Rua Conselheiro Brotero, 456, Barra Funda, em São Paulo. Tel. (11) 3826-8900. Aftosa: missão dos EUA estará no Rio de JaneiroUma missão composta por 15 dirigentes do agronegócio norte-americano visita o Brasil até quinta-feira (26) para discutir, com empresários e autoridades governamentais, o plano do Grupo Interamericano para Erradicação da Febre Aftosa (Giefa) em áreas críticas do continente, envolvendo territórios do Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Equador e Venezuela. Nesta terça-feira (24), o grupo visitará a sede do Panaftosa, no Rio de Janeiro. Suínos: Rodrigues lança bases de programa nacionalO ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, aproveitará o evento da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), em São Paulo, nesta terça-feira (24), às 20 horas, no Blue Tree Convention (Ibirapuera), para lançar as bases do Programa Nacional de Suinocultura. No evento, que reunirá algumas das mais expressivas lideranças da cadeia produtiva do setor, a ABCS assinará também convênio com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), criando uma comissão de estudos para a normalizar os procedimentos de produção e comercialização do segmento. O evento de São Paulo foi convocado originalmente para o lançamento do selo ?Empresa Amiga da Suinocultura-ABCS, por meio do qual a associação pretende financiar seus projetos de pesquisa e ações de fomento. No evento de hoje, cerca de 26 empresas do setor devem aderir ao selo. Boi: missão da UE visita frigorífico em São PauloA missão da União Européia (UE) que está no País para avaliar os procedimentos tomados para a erradicação da febre aftosa visita hoje um abatedouro em Presidente Prudente (SP). O grupo vai checar o cumprimento de normas de rastreabilidade. Parte da comitiva irá ao Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) de Porto Alegre. Ontem, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apresentou à missão as ações tomadas após a descoberta dos focos da doença em Mato Grosso do Sul e diante das suspeitas e posterior confirmação da enfermidade no Paraná. Carne: missão brasileira negocia fim do embargo com RússiaRepresentantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deram início ontem, em Moscou, a negociações com o governo russo, para flexibilizar o embargo do país à carne bovina e suína de oito Estados brasileiros decretado no fim de 2005. O Brasil espera que a Rússia retire a suspensão para São Paulo, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, mantendo o embargo para o Mato Grosso do Sul e o Paraná. Na reunião de ontem, os dois países concordaram em estabelecer uma "hot line" - sistema de consulta para esclarecer dúvidas sobre febre aftosa. Logística: governo autoriza construção de ferrovia no ESNo fim da manhã, acompanhado do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa da assinatura de resolução que autoriza a construção de uma nova linha ferroviária ligando os municípios capixabas de Cariacica e Cachoeiro do Itapemirim. O custo total da obra está estimado de R$ 700 milhões. Os investimentos para executar os 165 quilômetros da via serão feitos pela Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) e o governo do Espírito Santo. Participam da cerimônia o diretor-presidente da CVRD, Roger Agnelli, e o governador Paulo Hartung. Orçamento: comissão vota relatórios setoriaisA Comissão Mista de Orçamento se reúne, a partir das 10h30, para discutir e votar os relatórios setoriais apresentados à proposta orçamentária de 2006. A primeira votação deve ser a do relatório setorial de Trabalho, Previdência e Assistência Social. TCU: operação tapa-buracos será analisadaO presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro Adylson Motta, dá entrevista às 11 horas para falar sobre fiscalização da operação tapa-buracos. BC: dados sobre crédito saem hojeO Departamento Econômico (Depec) do BC divulgará às 10h30 a nota de juros e spread com as informações sobre o comportamento do crédito em dezembro do ano passado e de todo o ano de 2005. Após a divulgação, o chefe do Depec, Altamir Lopes, dará entrevista coletiva sobre as informações da nota. FGV: IPC-S Regional será divulgadoA Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulga às 8h os resultados regionais de inflação das sete capitais usadas para cálculo do Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de até 22 de janeiro. Para esse indicador não há coletiva, mas os técnicos da instituição estarão disponíveis. Mínimo: Centrais reúnem-se com LulaAs centrais Força Sindical, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT), Social Democracia Sindical (SDS), Central Autônoma dos Trabalhadores (CAT) e Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) se reúnem hoje, entre 15h e 16h30, em Brasília com o presidente Lula. A Comissão Especial Mista do Salário Mínimo, no Congresso, tem audiência pública com os ministros do Trabalho, Luiz Marinho, e do Planejamento, Paulo Bernardo, para discussão do valor do salário mínimo em 2006 e a definição de uma política de longo prazo para os reajustes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.