AGU recorre de liminar que suspende leilão de rodovias

Advocacia-Geral da União quer fim da suspensão aos leilões dos trechos de rodovias que cruzam o Paraná

Leonardo Goy, da Agência Estado,

08 de outubro de 2007 | 18h11

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou nesta segunda-feira, 8, que já apresentou recurso ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região (Sul do País) para tentar derrubar a liminar da Justiça Federal do Paraná que suspende a licitação de três dos sete trechos de rodovias federais que o governo pretende levar a leilão amanhã. Justiça suspende leilão de rodovias que passam pelo Paraná A concessão de rodovias federais  Concedida a partir de uma Ação Civil Pública protocolada pelo Ministério Público Federal do Paraná, a liminar suspense o leilão dos três trechos de rodovias que cruzam o território paranaense: a Régis Bittencourt (que liga São Paulo a Curitiba), a BR 116, de Curitiba à divisa RS/SC, e a interligação Curitiba-Florianópolis, que compreende trechos das BRs 101 e 376. Ao todo, esses trechos somam cerca de 1.196 quilômetros. 

Mais conteúdo sobre:
Rodoviasleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.