AIG anuncia lucro de US$ 11,18 bi no 4º trimestre

A seguradora norte-americana American International Group (AIG) informou que teve um lucro líquido de US$ 11,18 bilhões no quarto trimestre de 2010 (US$ 16,60 por ação), depois de um prejuízo de US$ 8,87 bilhões, ou US$ 65,51 por ação) no mesmo período de 2009. No ano de 2010, a AIG teve um lucro líquido de US$ 7,8 bilhões (US$ 11,60 por ação), após um prejuízo de US$ 10,949 bilhões em 2009 (US$ 90,48 por ação).

RENATO MARTINS, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2011 | 19h49

A AIG, que há dois anos havia relatado o maior prejuízo trimestral de qualquer empresa em todos os tempos (US$ 61,66 bilhões), antes de receber socorro do governo, teve no quarto trimestre de 2010 um ganho de US$ 17,6 bilhões relacionado à venda de subsidiárias; isso contrabalançou uma perda contábil de US$ 4,2 bilhões, destinados a fortalecer a reservas de sua unidade de seguros patrimoniais e pessoais, a Chartis.

Durante o trimestre, a AIG concluiu a venda de sua unidade de seguros de vida no exterior para a MetLife, concluiu um acordo para vender participação majoritária em sua unidade de crédito ao consumidor e vendeu participação majoritária na empresa de seguros de vida asiática AIA Group por meio de uma oferta pública em Hong Kong.

O informe de resultados da AIG foi divulgado depois do fechamento da Bolsa de Nova York. No after hours, as ações da empresa subiram 2,3%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
segurosAIGlucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.