AIG registra lucro de US$ 1,82 bi; primeiro em seis trimestres

Grupo saiu de prejuízo de US$ 10,15 por ação no segundo trimestre do ano passado para lucro de US$ 2,57

Marcílio Souza, da Agência Estado,

07 de agosto de 2009 | 10h40

A seguradora norte-americana American International Group (AIG) obteve lucro líquido de US$ 1,82 bilhão (US$ 2,30 por ação) no segundo trimestre deste ano, saindo do prejuízo líquido de US$ 5,36 bilhões (US$ 41,13 por ação) anunciado em igual período do ano passado. Esse foi o primeiro lucro do grupo em seis trimestres.

 

Excluindo perdas com capital e outros itens extraordinários, o grupo saiu de prejuízo de US$ 10,15 por ação no segundo trimestre do ano passado para lucro de US$ 2,57 por ação em igual período deste ano. Analistas consultados pela Thomson Reuters previam, em média, lucro de US$ 1,67 por ação. A receita saltou 48% entre os períodos, para US$ 29,53 bilhões.

 

O chairman e executivo-chefe da seguradora, Edward Liddy, disse que os resultados do grupo "refletem a estabilização em algumas de nossas operações" e foram ajudados por perdas líquidas menores de capital.

O lucro operacional do segmento de seguros gerais do grupo caiu 19%, enquanto que os prêmios líquidos diminuíram na mesma magnitude.

 

As especulações em torno do balanço da AIG e também o possível efeito de medidas da SEC (CVM norte-americana) para combater práticas abusivas de vendas de ações a descoberto teriam ajudado fortemente os papéis da seguradora nos últimos dias. A AIG fechou em alta de quase 63% na quarta-feira e de 2,3% ontem. No pré-mercado desta sexta-feira, 7, disparava 20%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AIGbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.