Air France, Delta e Alitalia oferecem concessões para resolver investigação na UE

Air France KLM, Delta Air Lines e Alitalia, parceiras na aliança aérea Skyteam, ofereceram desistir de horários de pouso e decolagem (slots) em três aeroportos e fizeram outras concessões para tentar resolver uma investigação antitruste da União Europeia, disse a Comissão Europeia nesta terça-feira.

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 09h23

As operadoras entraram na mira da Comissão em janeiro de 2012, após a autoridade de concorrência da UE dizer que a aliança, que envolve participação nos lucros e gestão conjunta de preços e capacidade, poderia elevar os preços nas rotas Paris-Nova York, Amsterdã-Nova York e Roma-Nova York.

A aliança Skyteam, que permite que suas 20 companhias aéreas participantes juntem-se através de acordos de compartilhamento de voos para aumentar o número de ofertas a determinados destinos, compete com a Oneworld e Star Alliance.

A Comissão disse que as três companhias aéreas ofereceram a desistência de slots em aeroportos em Amsterdã, Nova York e Roma.

As empresas também estão preparadas para deixar as rivais venderem ingressos em seus voos e facilitar seu acesso ao tráfego de conexão. A Comissão disse que iria buscar o retorno de terceiros antes de decidir se aceita ou não as concessões.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASAIRFRANCEDELTAAIRLINESALITALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.