Air France-KLM anuncia Fortaleza como novo hub das operações no Brasil

Salvador e Recife também estavam sendo cogitadas para o novo hub da Air France-KLM; pesou a favor da capital cearense a nova administração do aeroporto

Letícia Fucuchima, O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2017 | 11h42

SÃO PAULO - Fortaleza é a capital do Nordeste escolhida para ser o novo hub da Air France-KLM no Brasil. A companhia europeia fez o anúncio em evento para a imprensa junto com a Gol, com a qual detém um acordo de aliança estratégica (codeshare) desde 2014.

As rotas para Paris e Amsterdã se iniciarão juntas, em maio de 2018, e serão operadas pela Joon, nova companhia da Air France-KLM. Serão 5 voos semanais, com duração de cerca de 9 horas. Para Paris, haverá dois voos semanais, às sextas-feiras e domingos, com a aeronave A340. Para Amsterdã, serão três voos por semana, às segundas, quintas e sábados, feitos com a aeronave A330.

De acordo com Jean-Marc Pouchol, diretor geral da Air France-KLM para a América do Sul, a localização geográfica e o potencial de atrair clientes europeus foram elementos-chave para escolha do novo hub. O executivo também reforçou que este não é um projeto voltado somente para lazer, mas também para negócios.

"É a primeira vez que temos uma simultaneidade completa de início de operações, e também com uma frequência não usual, de 5 voos, disse o presidente da Gol, Paulo Kakinoff. 

Paulo Kakinoff reforçou que o novo hub das operações da Air France-KLM em Fortaleza levará a um aprimoramento das operações da aérea brasileira na capital cearense. Para proporcionar conexões mais rápidas e eficientes, serão feitos ajustes nos horários dos voos existentes. Também crescerá a oferta de voos para 5 cidades das regiões Norte e Nordeste: Natal, Recife, Salvador, Belém e Manaus.

"A malha estará efetiva na virada do primeiro para o segundo trimestre de 2018", disse Kakinoff, em coletiva de imprensa organizada pela companhia europeia e pela Gol.

Salvador e Recife também estavam sendo cogitadas para o novo hub da Air France-KLM. Pesou a favor da capital cearense a nova administração do aeroporto, conquistada pelo consórcio alemão Fraport AG no leilão de concessão em abril deste ano. Em 2016, a movimentação de passageiros no aeroporto internacional da capital cearense chegou a 5,7 milhões.

Kakinoff também ressaltou a atratividade do hub devido principalmente ao curto tempo de conexão, que será de aproximadamente uma hora.

As companhias não revelaram valores dos investimentos nesse projeto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.