Ajuda para a Grécia não estaria na agenda da reunião da UE desta 5ª

De acordo com fonte do governo alemão, líderes se concentrarão em análise da situação fiscal dos países do grupo no período pós-recessão

Danielle Chaves, da Agência Estado,

10 de fevereiro de 2010 | 13h51

Os ministros de Finanças da zona do euro, que realizam uma teleconferência nesta quarta-feira, 10, provavelmente não vão tomar uma decisão sobre a Grécia, afirmou uma alta fonte do governo da Alemanha. A fonte disse também que não há uma ajuda para a Grécia na agenda da cúpula da União Europeia marcada para quinta.

 

Os líderes europeus vão se reunir na quinta-feira em Bruxelas e deverão se concentrar na crise de dívida da Grécia como parte de uma avaliação mais ampla sobre os níveis de dívida dos governos após a recessão. É amplamente esperado que a reunião trate de novas medidas para ajudar a Grécia a obter suporte para suas finanças públicas e restaurar a calma dos mercados financeiros.

 

Enquanto isso, os ministros de Finanças estão realizando uma teleconferência com o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, para discutir a crise de dívida grega. A teleconferência começou às 12h (de Brasília), de acordo com autoridades da União Europeia. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.