AkzoNobel investe € 90 milhões em fábrica no Brasil

Grupo holandês de produtos químicos informou que o investimento será o maior já feito pela empresa na América Latina

Reuters,

24 de janeiro de 2011 | 09h30

O grupo holandês de produtos químicos AkzoNobel informou nesta segunda-feira que vai investir 90 milhões de euros em uma nova fábrica no Brasil para dobrar as vendas no país para 1,5 bilhão de euros.

A AkzoNobel informou que o investimento, o maior já feito pela empresa na América Latina, será destinado à construção de uma unidade que vai ser fornecedora da maior fábrica de celulose do mundo. A fábrica, que deverá começar a operar em setembro de 2012, será administrada pela Eldorado Celulose e Papel.

Como parte de um acordo de 15 anos, a AkzoNobel informou que a instalação que construirá vai fornecer todos os produtos químicos utilizados pela fábrica de celulose de 1,5 milhão de toneladas por ano.

"A América Latina é uma importante área de crescimento para papel e celulose, então o investimento é uma etapa lógica", disse o analista Wim Hoste, da KBC Securities.

Em setembro, a AkzoNobel afirmou que pretendia dobrar as vendas no Brasil para 1,5 bilhão de euros como parte dos planos para elevar o faturamento em mercados emergentes de 40 para 50 por cento das receitas do grupo. A empresa projeta faturamento global de 20 bilhões de euros em 2015.

(Por Aaron Gray-Block)

Tudo o que sabemos sobre:
AkzoNobelinvestimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.