Alcoa irá comprar fabricante de peças de avião Firth Rixson

A Alcoa fechou acordo para comprar a fabricante de peças de avião Firth Rixson da empresa de private equity Oak Hill Capital Partners por 2,85 bilhões de dólares em dinheiro e ações, disse a empresa nesta quinta-feira.

REUTERS

26 de junho de 2014 | 10h28

O acordo irá elevar a atuação da Alcoa no segmento aeroespacial, e impulsionar a produção de níquel e bens de titânio da gigante de alumínio.

Preços de alumínio insistentemente baixos têm pesado na Alcoa, e a empresa vem atuando para crescer em negócios mais lucrativos, que vendem produtos como rodas de caminhões e fuselagens de avião em vez de metais menos processados e com margens menores.

A empresa disse que assegurou financiamento interino com o Morgan Stanley, e irá emitir uma "combinação prudente" de dívida e ação.

A companhia espera que a compra impulsione sua receita aeroespacial em 20 por cento, para cerca de 4,8 bilhões de dólares por ano, mas não vê impacto nos lucros até o segundo ano.

O valor do acordo inclui 2,35 bilhões de dólares em dinheiro, 500 milhões de dólares em ações, e ganhos futuros que podem valer 150 milhões de dólares.

(Por Allison Martell)

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAALCOACOMPRAAEREA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.