Álcool: Bressan descarta desabastecimento ou redução de mistura

Brasília, 27 - O diretor do Departamento de Açúcar e Álcool do Ministério da Agricultura, Ângelo Bressan, afirmou hoje que as estimativas indicam colheita de 330 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2004/05, acima das 300 milhões de toneladas no ano-safra anterior. Ele citou os números ao enfatizar que o governo não trabalha com a possibilidade de desabastecimento interno de álcool combustível. "É certo que o consumo aumentou, mas o quadro não preocupa", comentou. O diretor disse também que o governo não pensa em reduzir o porcentual de mistura de álcool anidro na gasolina, hoje fixado em 25%. Em períodos de desabastecimento, o governo pode alterar o porcentual até o piso de 20%. "A intenção é fixar a imagem do Brasil como grande exportador mundial de álcool. Alterar a mistura daria a impressão que não conseguimos sequer controlar a produção para atender à demanda interna", comentou. Bressan disse ainda que não participou de reunião, na noite de ontem, entre o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, e o presidente da União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica), Eduardo Pereira de Carvalho, e o presidente do Conselho Administrativo da Copersucar, Hermelindo Ruete de Oliveira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.