Alemanha avalia que avanço é insuficiente para decisão sobre a crise no dia 23

'Houve progresso significativo nas últimas semanas, mas não o suficiente para proporcionar decisões no domingo', disse Steffen Seibert, porta-voz de Angela Merkel

20 de outubro de 2011 | 16h47

As negociações entre França e Alemanha para buscar uma solução abrangente para a crise da dívida da zona do euro não progrediram o suficiente para que os líderes europeus tomem alguma decisão mais importante sobre o assunto na reunião de cúpula de domingo, declarou hoje um porta-voz da chanceler da Alemanha Angela Merkel.

"Houve progresso significativo nas últimas semanas, mas não o suficiente para proporcionar decisões no domingo", disse Steffen Seibert, porta-voz de Merkel, em um encontro com jornalistas organizado às pressas. Seibert leu o breve comunicado e recusou-se a responder a perguntas dos repórteres presentes.

Mais cedo, França e Alemanha haviam divulgado nota para informar que uma segunda reunião de cúpula de líderes europeus seria realizada na quarta-feira da próxima semana para que seja tomada uma decisão sobre um pacote de medidas em discussão para ajudar a solucionar a crise da dívida da zona do euro.

As informações são da Dow Jones. (Ricardo Gozzi)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.