Alemanha deve apoiar aumento de fundo de ajuda para € 1 trilhão

Sarkozy e Merkel devem apresentar plano de combate à crise na região hoje 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 08h15

O Bundestag, a Câmara Baixa do Parlamento da Alemanha, deverá aprovar as propostas para reforçar o fundo de resgate da zona do euro, a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), em uma votação nesta manhã.

A agenda de eventos da Europa para esta quarta-feira traz como destaque a segunda reunião de cúpula da União Europeia prevista para esta semana, em Bruxelas. O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, haviam dito na semana passada que apresentariam um plano abrangente para combater a crise na região após esse encontro.

É praticamente certo que haverá uma ampla maioria a favor da resolução que aprova um pacote de opções para ampliar o pode de fogo da EFSF dos atuais 440 bilhões de euros para mais de 1 trilhão de euros sem um aumento nas garantias dos países contribuintes. Essa expectativa cresceu depois que todos os grandes partidos da Alemanha aprovaram a resolução em seus respectivos grupos parlamentares ontem.

A chanceler Angela Merkel se reúne com os parlamentares antes da votação para fazer um discurso sobre sua política para a Europa e defender a forma como seu governo vem lidando com a crise. O Parlamento alemão tem poder de veto sobre qualquer acordo de ajuda financeira que Merkel negocie em nível europeu e sobre qualquer mudança na já existente EFSF. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaEFSF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.