Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Alemanha está saudável apesar da crise, diz ministro

Ministro da Economia afirmou que o emprego, a capacidade das empresas e o PIB apontam para uma economia alemã saudável

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de dezembro de 2011 | 10h32

A economia da Alemanha e suas companhias são robustas apesar da crise da dívida e de uma ampla desaceleração econômica, afirmou o ministro da Economia alemão, Philipp Roesler, e Wolfgang Franz, um consultor econômico para o governo alemão, ao jornal Handelsblatt.

"Nossa economia está demonstrando que está marcadamente robusta, mesmo quando o ambiente nos âmbitos internacional e europeu está mais difícil", declarou Roesler.

Franz afirmou que o emprego, a capacidade das empresas e o Produto Interno Bruto (PIB) apontam para uma economia alemã saudável. "As companhias estão saudáveis e confiantes. A Alemanha está indo bem, de qualquer maneira", disse Franz, um dos também chamados "cinco homens sábios" entre os consultores econômicos para o governo alemão.

Apesar da atual crise da dívida e da desaceleração econômica nos países em desenvolvimento, não há nenhuma ameaça de recessão na Alemanha, afirmaram Roesler e Franz ao jornal. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.