Alibaba compra fatia de 18% na rede social Weibo

A companhia chinesa de comércio eletrônico Alibaba Group revelou nesta segunda-feira, 29, um acordo de US$ 586 milhões para comprar uma fatia de quase 18% na rede social Weibo, pertencente a Sina Corp. As empresas informaram que vão trabalhar juntas para conectar informações das contas, dados comerciais e pagamentos online dos clientes.

Agencia Estado

29 de abril de 2013 | 16h37

Segundo a Sina, a parceria deve gerar cerca de US$ 380 milhões em receita com publicidade e serviços para o Weibo nos próximos três anos. A rede social tem quase 46,2 milhões de usuários e no ano passado gerou uma receita de US$ 66 milhões. "Essa parceria vai ter um papel essencial na construção de um ecossistema em torno da plataforma aberta do Weibo", disse em comunicado o executivo-chefe da Sina, Charles Chao. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
rede socialAlibabaWeibo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.