Alitalia aprova medidas para levantar 500 mi de euros

O conselho diretor da Alitalia votou a favor de uma nova proposta para levantar 300 milhões de euros (US$ 405 milhões) dos acionistas da empresa e mais 200 milhões de euros por meio de linhas de crédito. A decisão foi unânime e faz parte dos esforços da companhia aérea para evitar a insolvência na próxima semana.

Agencia Estado

11 de outubro de 2013 | 16h21

O fato de a decisão ter sido unânime amplia a possibilidade de os acionistas aprovarem a proposta na reunião extraordinária marcada para segunda-feira, já que os integrantes do conselho também são acionistas da empresa. A proposta anterior para levantar capital havia enfrentado resistência de alguns acionistas, como a Air France-KLM, que controla 25% da Alitalia.

A votação favorável do conselho hoje foi possível porque a nova proposta recebeu apoio do governo para ajudar a empresa a evitar a insolvência nos próximos dias. Ontem à noite o governo da Itália recrutou a Poste Italiane, operadora estatal do serviço de correio do país, a prometer à Alitalia um total de 75 milhões de euros, segundo a imprensa italiana. Em troca, o governo exigiu uma reforma na diretoria da empresa aérea e em seu plano de negócios. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Alitalia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.