ALL confirma recebimento de proposta da Rumo

A América Latina Logística (ALL) confirmou, nesta segunda-feira, 24, ter recebido proposta enviada pela Rumo Logística Operadora Multimodal, controlada da Cosan, com o objetivo de combinar as atividades das duas companhias. A operação será feita mediante a incorporação das ações de emissão da ALL pela Rumo. Conforme o fato relevante, a proposta considera um valor de referência para a ALL de R$ 6,958 bilhões, equivalente a um preço implícito de R$ 10,184 por ação, e para a Rumo de R$ 4 bilhões, o que corresponde a um preço implícito de R$ 3,90 por ação.

EULINA OLIVEIRA, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2014 | 10h53

Ainda segundo o comunicado, com a consumação da incorporação, os acionistas da ALL passarão a deter 63,5% da nova companhia e os acionistas da Rumo passarão a deter 36,5%, "podendo tal relação de troca ser ajustada em caso de eventuais distribuições de recursos pela Rumo ou pela ALL aos seus acionistas a partir desta data". A proposta estabelece ainda que, com a incorporação, a nova companhia será listada no Novo Mercado da BM&FBovespa.

A proposta, que é vinculante para a Rumo, será submetida à apreciação pelo Conselho de Administração da ALL em até 40 dias a partir de hoje. Em sendo a proposta aprovada pelo conselho de administração da ALL, haverá a convocação imediata da assembleia geral para deliberar sobre a incorporação, que deverá ser realizada nos 30 dias subsequentes à convocação. De acordo com o comunicado, caso a incorporação seja aprovada pela assembleia Geral da ALL, os acionistas dissidentes da operação não terão direito de retirada.

"A proposta prevê termos e condições usuais para este tipo de operação, incluindo a necessidade de aprovação prévia por eventuais terceiros, como é o caso do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)", ressalta a ALL.

Além disso, o Conselho de Administração da nova companhia será composto por membros indicados pelos atuais signatários do acordo de acionistas da ALL e atuais acionistas da Rumo, sendo a maioria indicada pela Cosan.

Tudo o que sabemos sobre:
ALLCosanproposta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.