Alpargatas abre escritório em NY para divulgar Havaianas

Idéia da companhia é ampliar exportações das sandálias para os Estados Unidos

Agencia Estado

27 de junho de 2007 | 14h23

A Alpargatas inicia nesta quarta-feira, 27, sua operação em Nova York, com um evento no Time Warner Center, que inclui exposição de murais das sandálias Havaianas, uma retrospectiva com a evolução dos modelos produzidos nos últimos 40 anos e exemplares gigantes da sandália. Para quinta está programada a abertura do escritório da Alpargatas, localizado na Spring Street, no bairro do Soho. Será uma operação importadora e comercial da empresa e o foco será inicialmente a marca Havaianas. A idéia é ampliar as exportações para os Estados Unidos.Para comandar a fabricante naquele país foi contratada como principal executiva Elaine Sugimura, com experiência na indústria de acessórios - incluindo marcas como Gucci, Fendi, Anne Klein e Tommy Hilfiger. Para vice-presidente executivo de vendas e marketing foi contratado Glen Lagerstrom, que já atuou na Fendi, Esprit, Coach, Bally, Liz Claiborne e Anne Klein."A Havaianas é hoje uma das marcas brasileiras mais conhecidas no exterior, presente em 80 países, e a abertura do escritório nos Estados Unidos é um importante passo na expansão internacional da marca", afirma Carla Schmitzberger, diretora da marca no Brasil. A cada ano, são vendidos 162 milhões de pares da sandália.A operação da companhia no Soho vai reunir showroom e escritórios, numa região de Nova York que abriga, na vizinhança, marcas como Diesel, Burberry e Longchamp. A abertura do escritório é um passo importante no processo de firmar a Havaianas como uma marca global."As Havaianas já são uma marca reconhecida nos EUA, principalmente na costa oeste, mas meu maior desafio é fazer com que os americanos queiram comprar não mais uma flip-flop (como são conhecidas as sandálias de borracha), mas queiram comprar uma Havaianas", explicou Elaine Sugimura.

Mais conteúdo sobre:
HavaianasEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.