Alta de custo influenciará próximo plantio

Próxima safra de verão começa a ser cultivada no mês de setembro

José Maria Tomazela - O Estado de S.Paulo ,

21 de agosto de 2008 | 15h31

Para a próxima safra de verão, que começa a ser cultivada em setembro, a alta excessiva dos fertilizantes pode influenciar a decisão do produtor em plantar milho ou não. "A cultura é muito exigente em adubo, o insumo que mais subiu", diz o agrônomo Vandir Daniel da Silva. Ele acredita que, se o milho continuar baixando de preço, os agricultores vão migrar para a soja no plantio de verão, que se inicia em setembro. "Apenas no custo de fertilizantes, a economia para quem planta soja em relação ao milho é de pelo menos R$ 600 por hectare." No sudoeste paulista, a área de cultivo do milho na safra de verão deve cair 10% em relação à anterior. A área da soja vai crescer na mesma proporção. "É preciso fechar de forma positiva a equação custos de produção e preços de comercialização", recomenda o presidente-executivo da Abramilho, Odacir Klein. Ele se refere particularmente aos preços de fertilizantes, que representam 30% do custo de insumos da produção agrícola. Em 2008, já houve alta de consumo da ordem de 20%, mesmo com uma alta de preços acumulada em 50%, segundo levantamento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). "Como 75% do volume de fertilizantes consumidos são importados, com a firme tendência de alta do preço do petróleo, podemos imaginar como isso poderá se refletir nos custos de produção do milho", analisou o presidente-executivo da Abramilho. Para Klein, ao planejar a próxima safra 2008/2009, o produtor de milho brasileiro deve considerar os custos de produção, optando por fatores técnicos como rotação de culturas, correção de solo, adequação de maquinários e possibilidade de uso de sementes transgênicas certificadas. Ele lembra que tendência altista nos insumos não é só para fertilizantes, mas também para outros itens, como os defensivos. Informações: Cepea, www.cepea.esalq.usp.brvar keywords = "";

Tudo o que sabemos sobre:
Milho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.