Ambev prevê seis linhas de produção até o final do ano

O vice-presidente financeiro e de Relações com Investidores da Ambev, Nelson Jamel, disse nesta terça-feira que a companhia planeja inaugurar mais seis linhas de produção no Brasil ainda este ano. Segundo o executivo, em teleconferência, as novas linhas estarão espalhadas nos diversos estados brasileiros.

SUZANA INHESTA, Agencia Estado

31 de julho de 2012 | 15h30

Essa expansão conta com os aportes previstos de até R$ 2,5 bilhões no País em 2012. No entanto, se houver aumento da carga tributária a partir de 1º de outubro, esse montante de investimento será revisado. Jamel, porém, não disse em quanto. "O plano para o ano é de inaugurar, no total, oito novas linhas de produção. Duas já entraram em atividade no primeiro semestre. No momento, não decidimos por cancelamento ou adiamento de nenhum investimento, mas se acontecer haverá repasses de preços e impacto sobre volumes", explicou.

As duas novas linhas - de latas e refrigerantes - foram inauguradas em Aquiraz (CE) e Recife (PE), respectivamente e proporcionaram um aumento de capacidade de 600 mil hectolitros ao ano. "Globalmente já investimos cerca de R$ 1 bilhão, sendo somente no País, R$ 750 milhões. O valor está abaixo dos R$ 1,5 bilhões globais investidos no mesmo período do ano passado, sendo R$ 1,4 bilhão somente no Brasil", disse o executivo. Segundo ele, essa redução não teve ligação ao anúncio do governo federal em aumentar os impostos do setor.

Tudo o que sabemos sobre:
Ambevbalançosegundo trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.