American Airlines ameaça medida legal contra sindicato de pilotos

A American Airlines enviou uma carta ao sindicato dos pilotos na na noite de quarta-feira para avisar que tomará medidas legais se não houver garantias de que a companhia vai operar corretamente.

Reuters

27 de setembro de 2012 | 15h15

A empresa aérea teve que cancelar centenas de voos recentemente por causa da crescentes paradas por manuntenção a pedido dos pilotos e licenças médicas.

A unidade da AMR, que entrou com pedido de concordata em novembro, começou a cortar custos com pilotos neste mês após a Justiça tê-la autorizado abandonar um acordo coletivo com o sindicato dos pilotos.

"Não queremos recorrer a uma medida legal, mas só teremos essa opção se a Associação dos Pilotos Aliados (APA) não tomar nenhuma medida para deter os pilotos que intencionalmente estão prejudicando a operação", afirmou a AA na carta.

O sindicato dos pilotos não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

(Por Redação de Bangalore)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASAAPILOTOSLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.