Americana Chevron tem lucro de US$ 5,41 bi no trimestre

A norte-americana Chevron, que atua no setor de petróleo e gás, registrou lucro de US$ 5,41 bilhões (US$ 2,70 por ação) no segundo trimestre deste ano, um resultado duas vezes maior que o US$ 1,75 bilhão (US$ 0,87 por ação) do mesmo período de 2009. Segundo informou hoje a companhia, a receita subiu 29%, para US$ 51,05 bilhões.

DANIELLE CHAVES E LIGIA SANCHEZ, Agencia Estado

30 de julho de 2010 | 12h52

Os ganhos foram beneficiados pelo aumento dos preços do petróleo e do gás, pelas margens mais fortes com produtos refinados e por flutuações cambiais. O lucro da petrolífera ficou acima das estimativas dos analistas, de US$ 2,44 por ação, mas a receita ficou abaixo dos US$ 52,53 bilhões esperados. Os preços médios do petróleo subiram 42% no período nos EUA, enquanto os do gás natural aumentaram 23%.

Telecomunicações

Em outra divulgação do dia, a fabricante de equipamentos de telecomunicações Alcatel-Lucent confirmou as metas para o ano e informou uma receita melhor que o esperado no segundo trimestre, apesar de problemas com falta de componentes eletrônicos prejudicando as vendas. A receita no segundo trimestre do grupo franco-americano caiu 2,4%, para 3,81 bilhões de euros, ante 3,91 bilhões de euros no mesmo período do ano passado. A receita da companhia superou a previsão de analistas, de 3,65 bilhões de euros, e subiu 17,4% em relação ao primeiro trimestre.

A Alcatel-Lucent apresentou lucro operacional ajustado de 28 milhões de euros, ante prejuízo de 62 milhões de euros no mesmo período de 2009. Este número é seguido por analistas para medir o desempenho operacional da companhia, por excluir cobranças relacionadas à fusão entre a Alcatel e a Lucent em 2006. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleogásChevronbalançolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.