Americana Forever 21 terá loja em São Paulo

A Forever 21, gigante norte-americana do varejo, vai estrear no Brasil. A primeira loja, ainda sem data de inauguração, será no Shopping Morumbi, Zona Sul de São Paulo. A marca, conhecida por vender moda jovem a preços acessíveis, tem mais de 500 lojas em 16 países.

ANNA CAROLINA PAPP, Agencia Estado

11 de setembro de 2013 | 09h37

A notícia foi divulgada nas contas do Instagram e do Facebook do Shopping Morumbi, com imagens dos tapumes anunciando a abertura próxima. A notícia gerou uma grande repercussão nas redes sociais e já deixa fãs ansiosos.

Segundo a assessoria do Shopping Morumbi, a loja ocupará os pisos Térreo e Lazer do empreendimento. Mais informações, incluindo o início da reforma do espaço - ainda sem metragem definida - deverão ser divulgadas nos próximos dias.

Assim como a espanhola Zara e a sueca H&M, a Forever 21 adota o modelo fast fashion, que consiste na produção rápida e contínua de peças de vestuário e acessórios, trocando as coleções semanalmente ou até diariamente. O objetivo é fazer com que o consumidor tenha contato com as últimas tendências da moda a preços mais em conta.

Tendências

A Forever 21 é uma das marcas que mais crescem no mundo. É uma grande oportunidade de negócios por aqui, pois o Brasil está carente disso?, afirma Letícia Abraham, diretora de planejamento do grupo WGSN no Brasil, portal líder de tendências no varejo.

Ela explica que uma boa rede de varejo de moda se sustenta no tripé qualidade, preço e informação de moda - capacidade de assimilar as tendências das passarelas e fazer reposições rápidas de estoque, sempre oferecendo ampla variedade.

?A Zara ocupa a principal parcela desse mercado aqui, mas é mais destinada às classes A, B e C+; e parte dessa equação é você ter um preço bom, como a H&M?, diz ela, se referindo à loja sueca cuja chegada ao Brasil é esperada há algum tempo, mas que ainda não foi confirmada.

Para ela, outras grandes varejistas no País, como C&A, Renner e Marisa, acertam no fator preço; no entanto, exceto coleções em parceria com designers, não conseguem fazer uma reposição contínua de coleções a ponto de oferecer peças em sintonia com o que está acontecendo no mundo da moda.

?Falta informação de moda e tendência de moda de uma maneira que vista a classe A, B e C?, diz a diretora. ?Se souber aproveitar a oportunidade, a Forever 21 pode brigar para ocupar esse espaço. Ela traz na coleção looks que você está começando a ver por aí, está louca para comprar e vai usar de seis a dez meses?, diz.

Preço

A loja já tem mercado e boa aceitação internacional, mas seu sucesso no País depende de sua capacidade de manter seu principal fator competitivo: o preço. Fãs brasileiros da marca aguardam informações sobre os preços com os quais as peças chegarão por aqui. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma calça jeans pode ser comprada a partir de US$ 7 (aproximadamente R$ 17). Blusas básicas de malha com alcinhas são vendidas por US$ 1,80 (aproximadamente R$ 4). ?É preciso acertar no preço. Acredito que eles terão um grande desafio de fechar a conta no fim do mês por causa da questão tributária?, diz Letícia.

A loja é a segunda grande varejista que anunciou sua chegada ao Brasil neste ano. A GAP, famosa por seus populares moletons, divulgou recentemente que abriria duas lojas em São Paulo: uma no Shopping Morumbi e outra no Shopping JK - esta última com inauguração prevista para este mês.

A Forever 21 foi inaugurada em 1984, em Los Angeles, por um casal de imigrantes sul-coreanos. Em 2012, a marca arrecadou cerca de U$ 3,4 bi e é a 121ª maior empresa dos Estados Unidos, segundo a revista Forbes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.