JF Diorio/Estadão - 30/8/2019
JF Diorio/Estadão - 30/8/2019

Americanas usará parceria com lojas BR Mania para reforçar seu e-commerce

Rede de conveniência dos postos de combustíveis será usada para retirada de encomendas compradas nas plataformas virtuais da varejista

Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2022 | 20h26

RIO – A distribuidora de combustíveis Vibra, ex-BR Distribuidora, e a rede de lojas de departamento Americanas, se juntaram para repaginar suas lojas de conveniências – a BR Mania e a Local. Agora juntas na Vem Conveniência, as duas empresas vão disputar o mercado de produtos domésticos de bairro, nicho que ganhou importância com a expansão do home office. A ideia é também unir essa operação ao e-commerce.

Em breve, os clientes vão poder, por exemplo, retirar em uma das 1,2 mil lojas dos postos Petrobras, da Vibra, mercadorias compradas no site da Americanas. Essa facilidade deve estar disponível a partir do segundo semestre, quando a parceria atingir maturidade para alcançar o ambiente virtual.

Num primeiro momento, as mudanças ocorrerão nas lojas físicas. As primeiras mudanças ficarão perceptíveis em dois ou três meses. Quem entrar na BR Mania vai encontrar produtos de reposição da dispensa da casa, e não apenas itens de consumo imediato, como cafezinho e biscoito.  

Já a Local vai passar a oferecer alimentação e ainda vai ter a gestão repaginada para que as lojas tenham personalidade própria, independente da Americanas, e ainda sejam oferecidas a investidores como franquias. 

União de gigantes

De um lado da parceira está a Vibra, com postos de combustíveis em todo o País. Do outro, a Americanas entra com uma complexa estrutura logística, essencial para reduzir custos e baratear os produtos. “É incrível a potência quando se junta a alta circulação de consumidores da rede da Vibra com as soluções que a Americanas é capaz de oferecer”, afirmou Natália Cid, presidente da Vem, ao Estadão/Broadcast.

Desde que foi privatizada, no ano passado, a distribuidora de combustíveis tem apostado na formação de parcerias para crescer e agregar valor aos seus produtos e serviços. Já a rede de lojas de departamento quer ampliar seu negócio e tem interesse especial no segmento de franquias. 

Na próxima semana, 15 lojas começam a ter a gestão centralizada na Vem, um processo que se estenderá a toda rede até maio. O foco no atual estágio é concentrar o faturamento na Vem. Os números mais detalhados do negócio serão definidos em cerca de um mês, após a aprovação do plano estratégico da nova empresa.

O passo seguinte será avançar pelo ambiente virtual e lançar a franquia da Local, o que deve acontecer ainda neste ano. “Vamos estudar e modelar a abertura da franquia e buscar orçamento neste ano para que ela ocorra no ano que vem. O ano de 2022 não vai ser fácil, em razão de conjuntura macroeconômica. Então, é melhor lançar no ano que vem”, disse a presidente da Vem Conveniência.

Os próximos três meses serão consumidos também na estruturação da empresa, com a contratação de cerca de 150 profissionais, 60 deles para trabalhar no escritório que funcionará na cidade do Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.