Ampliado prazo de entrega de contrato de gás para leilão

O Ministério de Minas e Energia (MME) estendeu para 3 de novembro o prazo final para a apresentação dos documentos referentes ao contrato de combustível para as usinas a gás que disputarão o leilão de energia nova que contratará a demanda do mercado cativo em 2016 (A-5), marcado para 20 de dezembro. A medida consta na portaria número 595/2011, publicada no Diário Oficial da União de ontem.

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

21 de outubro de 2011 | 12h56

Segundo a portaria, os empreendedores terão até as 12 horas de 3 de novembro para prestar à Empresa de Pesquisa Energética (EPE) as informações relativas ao custo variável unitário (CVU), o nível de inflexibilidade de geração das térmicas e a comprovação da disponibilidade de combustível para os seus projetos. Como publicou a Agência Estado na semana passada, os investidores com usinas a gás no leilão pediam ao governo federal a alteração dessa data.

Na semana passada, a Petrobras anunciou ao governo federal e aos investidores que não irá fornecer gás natural para as usinas inscritas no leilão A-5. Em comunicado, a estatal informou aos agentes do mercado que não teria condições de comprovar que possui reservas de gás em volume suficiente para atender os novos contratos de suprimentos e os antigos acordos de fornecimento.

Tudo o que sabemos sobre:
energialeilãocontratosprazo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.