Análise de garantias da PDVSA está concluída, diz BNDES

 Alto escalão da Petrobrás só terá acesso ao documento no início da semana

Kelly Lima, da Agência Estado,

30 de setembro de 2011 | 19h46

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou, nesta sexta-feira, 30, que concluiu a análise dos documentos apresentados pela petroleira venezuelana PDVSA contendo as garantias necessárias para que ela assuma 40% da dívida da Petrobrás relacionada à construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

A Petrobrás tomou financiamento de R$ 10 bilhões para tocar adiante as obras da unidade enquanto a PDVSA não conseguir conceder garantias aceitáveis ao banco. O BNDES, no entanto, não informou qual foi sua conclusão, se aprovou ou recusou novamente.

A decisão foi encaminhada ao comando da Refinaria. O alto escalão da Petrobrás só terá acesso ao documento no início da semana. Se aprovadas as garantias, a PDVSA terá até o dia 30 de novembro para disponibilizar para a Petrobrás não somente sua parte no financiamento junto ao BNDES, mas o restante dos recursos aplicados pela estatal no negócio. A estimativa de investimentos na refinaria é de R$ 25 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
petrobrásbndes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.