Anatel apresenta 'Bolsa de Valores virtual' das teles

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apresentou nesta terça-feira, 17, o Sistema de Negociação de Ofertas de Atacado (SNOA), uma espécie de Bolsa de Valores virtual em que companhias de telecomunicações poderão negociar capacidade e serviços. A plataforma de gestão independente teve os custos bancados pelas maiores empresas que atuam no País e será monitorada pela agência reguladora. Além da área de negociação, com o cadastro da infraestrutura disponível no País, o sistema terá mecanismos para resolver eventuais conflitos entre as companhias no atacado.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

17 de setembro de 2013 | 16h57

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, avaliou que o setor tem uma disparidade considerável entre empresas de grande e pequeno porte e destacou que as negociações por meio do SNOA terão mais transparência e equilíbrio. "No setor de telecomunicações, quem tiver melhor preço e qualidade conquista o coração e o bolso dos clientes. Por isso, uma plataforma como essa no atacado é importante para impedir que a entrada de pequenas empresas no varejo seja dificultada", afirmou.

Para o presidente da Anatel, João Rezende, o sistema - que estava previsto no Plano Geral de Metas de Competição (PGMC) - diminuirá os custos de negociação de capacidade entre as companhias, evitando os gastos com viagens e envios de documentos. "Além disso, é melhor que conflitos sejam resolvidos por meio do sistema", completou. Segundo Rezende, a agência discutirá a necessidade de aperfeiçoamentos no sistema daqui a um ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Anatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.