Anatel obriga operadoras a informar clientes sobre direito de obter gravações de chamadas

Prestadoras desses serviços devem armazenar as gravações das chamadas por até doze meses

Karla Mendes, da Agência Estado,

19 de maio de 2011 | 18h14

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quinta-feira, 19, a alteração em regulamentos que obriga as operadoras a deixaram claro para o usuário o direito de obter gravações de suas chamadas feitas às centrais de atendimento de prestadoras de serviços de TV por assinatura, telefonia fixa e móvel.

Ao ligar para os call centers desses serviços, após optar por falar com o atendente, o usuário ouvirá a seguinte frase: "Esta chamada está sendo gravada. Caso necessário, a gravação poderá ser solicitada pelo usuário". As prestadoras desses serviços, segundo a agência, devem armazenar as gravações das chamadas pelo período de seis meses (telefonia móvel e TV por assinatura) e 12 meses (telefonia fixa). As prestadoras têm 30 dias para se adequar à alteração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.