Aneel aprova reajustes de tarifa para Energisa MG e Energisa Nova Friburgo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira os reajustes tarifários para consumidores de energia atendidos pela Energisa Minas Gerais e Energisa Nova Friburgo, distribuidoras de eletricidade do grupo Energisa.

REUTERS

10 de junho de 2014 | 11h34

Os consumiores atendidos pela Energisa Minas Gerais, distribuidora que atua em 66 municípios de Minas Gerais e Rio de Janeiro, sentirão aumento médio de 5,31 por cento na tarifa de energia a partir de 18 de junho. Consumidores atendidos em alta tensão, como a indústria, sentirão aumento médio de 3,75 por cento e os residenciais terão alta média de 5,8 por cento.

Já na Energisa Nova Friburgo, que atende 96 mil consumidores no município de Nova Friburgo (RJ), aplicará um aumento médio de 13,66 por cento para consumidores residenciais de energia e de 7,94 por cento para consumidores atendidos em alta tensão, como a indústria. As novas tarifas para esses consumidores também começam a valer em 18 de junho.

(Por Anna Flávia Rochas)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAENERGISAREAJUSTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.