Aneel autoriza MPX a operar 4.ª turbina de Parnaíba I

A MPX Energia recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na sexta-feira (12) para iniciar a operação comercial da quarta turbina da Usina Termelétrica (UTE) Parnaíba I, no Maranhão. A turbina tem capacidade instalada de 169 megawatts e, com isso, Parnaíba I atingiu a capacidade instalada total de 676 MW.

EQUIPE AE, Agencia Estado

15 de abril de 2013 | 18h41

A quarta turbina começou a fornecer energia ao Sistema Interligado Nacional (SIN) no dia 5, em caráter de testes, gerando, aproximadamente, 19 mil megawatts-hora (MWh) neste período. "Com a aprovação da Declaração de Operação Comercial (DOC) da quarta turbina, a planta passa a suprir 450 MW médios para distribuidoras de energia, sendo remunerada segundo os termos do Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (Ccear) assegurado no leilão de energia A-5 de 2008", destacou a MPX, em fato relevante.

De acordo com o previsto no contrato, a usina negociou a comercialização de 450 MW médios, por um período de 15 anos. O contrato assegura receita anual mínima total de R$ 421,2 milhões, indexada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e, adicionalmente, uma receita variável destinada a cobrir os custos (combustível, operação e manutenção) incididos quando a planta for despachada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS). A UTE Parnaíba I é uma parceria entre a MPX (70%) e a Petra Energia (30%) e demandou investimentos de, aproximadamente, R$ 1,2 bilhão.

Tudo o que sabemos sobre:
MPX EnergiaAneeloperação comercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.