Aneel multa Furnas pelo apagão de novembro

Segundo a Agência foram verificados vários problemas, inclusive falhas na manutenção nas linhas de transmissão da empresa

Leonardo Goy, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 10h17

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu aplicar multa de R$ 53,7 milhões à estatal Furnas, por conta do apagão que atingiu 18 estados, no dia 10 de novembro do ano passado. Segundo a Agência foram verificados vários problemas, inclusive falhas na manutenção nas linhas de transmissão da empresa que levam a energia de Itaipu para o Sudeste.

 

Foi nesse sistema de transmissão que se originou o blecaute. Os fiscais da Aneel avaliaram, por exemplo, que a terceira linha de Itaipu não deveria ter caído juntamente com as outras duas que caíram antes, e ainda houve problemas na retomada do abastecimento, depois que a terceira linha foi desligada. Furnas ainda pode recorrer na própria agência.

 

A estatal Furnas informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que irá recorrer de decisão da Aneel.

 

De acordo com a assessoria, Furnas já foi notificada da decisão do órgão. Ainda não há prazo para envio de recurso junto à Aneel. No momento, o departamento jurídico de Furnas analisa o caso para enviar o recurso formal à agência.

Tudo o que sabemos sobre:
AneelFurnasapagão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.