ANTT divulga editais para leilão de rodovias federais

A Agência Nacional de TransportesTerrestre (ANTT) divulgou nesta quinta-feira os editais para anova rodada de leilões de sete rodovias federais, totalizandocerca de 2.600 quilômetros de estradas. O edital exigirá do vencedor do leilão investimentos eminfra-estrutura na malha existente, nos serviços e na ampliaçãode pistas, segundo adiantou o presidente da ANTT, JoséAlexandre Nogueira de Resende. O leilão está marcado para 9 de outubro na Bolsa de Valoresde São Paulo. Resende avaliou que a assinatura do contrato com a empresavencedora pode acontecer por volta de 15 de janeiro, após asofertas dos licitantes terem sido analisadas e a outorga darodovia, realizada. As empresas terão um prazo de até seis meses para arealização de novos investimentos e para a ampliação dosserviços antes que os pedágios sejam cobrados. "Após a assinatura do contrato a empresa começaimediatamente os primeiros serviços, em um período de até seismeses, em que ela não cobra pedágio e tem que colocar a rodoviano nível de qualidade aceitável", disse Resende à Reuters. A cobrança de pedágio só poderá ser iniciada após a ANTTaprovar a qualidade dos serviços realizados pelasconcessionárias. Ganha o leilão quem oferecer a menor tarifa de pedágio eapresentar os melhores critérios técnicos. Não é necessáriopagar pela concessão da rodovia. As maiores administradoras de estradas do país --CCR e OHLBrasil -- têm evitado fazer comentários sobre as licitações.Mais de uma concessionária ou empresa pode atender váriasrodovias. (Por Sérgio Spagnuolo)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.