Apesar de esfor?o, Bovespa fecha julho no vermelho

O Ibovespa terminou praticamente na m?nima, com queda de 0,71%, a 54.182 pontos. No m?s, a baixa foi de 0,4%. No ano, entretanto, a alta ainda ? de quase 22%

REUTERS

31 de julho de 2007 | 17h51

Investidores bem que tentaram fazer com que o m?s fechasse no azul, mas na ?ltima hora de preg?o a for?a vendedora foi maior e a Bolsa de Valores de S?o Paulo (Bovespa) acumulou discreta baixa de 0,4% em julho. ?? ?D?lar fecha m?s abaixo de R$ 1,90, em queda de 2,49% Vale bate Petrobr?s na lideran?a das bolsas da Am?rica LatinaLevando-se em conta que na semana passada a queda foi de quase 8%, o desempenho dos ?ltimos dois dias at? que foi bem satisfat?rio."O mercado estava negativo at? sexta-feira e ontem virou alta. Os fundos fecham pelos m?dios, e n?o pelo fechamento. Os m?dios de hoje est?o bem acima do que est? o mercado agora. O mercado hoje j? n?o precisa se esfor?ar tanto", disse Carlos Alberto Ribeiro, diretor da Nova??o Distribuidora, pouco antes de o mercado entrar no vermelho. Na segunda-feira, a alta foi de mais de 3%.Nesta ter?a-feira, o principal indicador da bolsa paulista chegou a subir 2% na m?xima do dia, mas as preocupa??es com o setor de cr?dito imobili?rio de risco nos Estados Unidos acabaram pesando no fim do preg?o, ofuscando balan?os e dados econ?micos positivos divulgados pela manh?.O Ibovespa terminou praticamente na m?nima, com queda de 0,71%, a 54.182 pontos. No ano, entretanto, a alta ainda ? de quase 22%. ? Mercado americanoO mercado acompanhou de perto o sobe-e-desce de Wall Street, onde Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq ca?ram mais de 1% cada. O S&P teve o pior m?s desde 2004."Do nosso ponto de vista, o mercado acion?rio ainda n?o entendeu completamente o poss?vel impacto que o custo maior de cr?dito das ?ltimas semanas ter? nos lucros e nos pre?os das a??es", disse David Rosenberg, economista para Am?rica do Norte da Merrill Lynch, em Nova York.Aqui foi o segundo m?s de perdas do ano. Em fevereiro, o Ibovespa tinha ca?do 1,68%.Companhia Vale do Rio Doce foi o papel mais negociado desta ter?a-feira, com valoriza??o de 0,64%, horas antes da divulga??o do balan?o. Analistas esperam alta de 50% no lucro do segundo trimestre.O papel tamb?m foi beneficiado pelo bom desempenho dos pre?os de metais no mercado internacional.Petrobras foi a porta de sa?da, caindo 1,27%, apesar da alta do pre?o do petr?leo em Nova York, onde o barril da commodity atingiu US$ 78,21, novo recorde.Outro destaque de baixa foi o setor de telecomunica??es, que passa por uma s?rie de especula??es sobre consolida??o. Vivo caiu 5,2%, as a??es ordin?rias (ON, com direito a voto)?da Telemar cederam 5% e as ordin?rias da Brasil Telecom perderam 4,3%.O volume financeiro na Bovespa foi alto: R$ 5,6 bilh?es. A m?dia di?ria do ano ? de R$ 4,1 bilh?es.(Por Juliana Siqueira)

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSBOVESPAFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.