Helvio Romero/Estadão
Helvio Romero/Estadão

Aplicativos aceleram adoção de tecnologia dentro dos pequenos negócios

Confira dez aplicativos para você melhorar sua empresa

Bruno de Oliveira, especial para O Estado

13 de março de 2015 | 07h40


 Smartphones mais baratos e planos de banda larga móvel acessíveis contribuíram para a massificação do uso dos aplicativos móveis no País. No esfera corporativa, sua adoção tem sido mais rápida entre pequenas e médias empresas em relação às grandes corporações. Ainda assim, dado o número de companhias desse porte no mercado, ainda são poucas as PME, ou são poucos os empreendedores, que apostam em ferramentas no celular para melhorar processos relacionados ao negócio.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Desenvolvedores perceberam este cenário e hoje é grande a gama de aplicativos disponíveis para download na internet, sejam pagos ou gratuitos. Especialistas apontam três fatores como responsáveis diretos para que o uso dos aplicativos ainda não tenha atingido mais empresas. O primeiro é a falta de conhecimento. Para Maurício Alegretti, diretor de Tecnologia da desenvolvedora Smyowl, a indústria precisa levar informações sobre os apps até os empreendedores e mostrar suas funcionalidades.

"Hoje já temos um número significativo de empreendedores que buscam informações sobre aplicativos e suas funcionalidades para poder aplicá-las ao negócio. Mas, por outro lado, existem potenciais usuários que desconhecem o fato de que podem usar os aplicativos móveis a seu favor. A indústria precisa encontrar meios de popularizar os seus produtos frente a este mercado", disse o executivo.

O segundo ponto considerado como um entrave à massificação dos apps entre pequenos e médios negócios é a falta de segmentação das ferramentas. Segundo Luciano Ignaczak, coordenador do curso de especialização em desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis na PUC-RS, aplicativos que podem ser usados por PMEs ainda são generalistas, ou seja, possuem um apelo também ao uso de usuários comuns. Por isso, essas soluções acabam se afastando do empreendedores.

"Aplicações segmentadas, que são desenvolvidas para gestão, armazenamento de dados, acompanhamento de processos, isso ainda é algo desenhado para grandes empresas e demanda um investimento alto para a realidade das empresas menores. Por isso, as empresas que projetam aplicativos devem levar em consideração que existe um mercado gigantesco que precisa ser atendido com módulos destas soluções para grande empresas", contou Ignaczak.

Os especialistas apontam que atualmente no mercado já é possível encontrar algumas soluções específicas para o uso corporativo e que podem ser adotadas dentro da rotina das pequenas e médias empresas. Os mais populares são de aumento de produtividade; geolocalização; gestão de conteúdo; comunicação e soluções de catálogo.

A Padaria e Centro Gastronômico Requinte, localizado no bairro da Penha, em São Paulo, é uma PME que observou no uso dos aplicativos móveis uma oportunidade de melhorar a produtividade e o nível de tecnologia dentro do estabelecimento, que vinha registrando perda de performance operacional e problemas relacionados à segurança. Hoje, a empresa utiliza ferramentas de gestão que podem ser acessadas pelo celular, além de aplicativos de armazenamento de arquivos e comunicação.

"A grande vantagem que conseguímos obter depois que implantamos novas ferramentas de trabalho foi poder acessar informações a qualquer hora, de qualquer lugar, algo que antes não era possível. Fora o sistema de gestão, usamos muito o Google Drive para armazenar e editar arquivos compartilhados e o WhatsApp para se comunicar com a equipe", detalha Flávio Galvani, consultor responsável pela gestão de TI da Requinte.

::: Confira 10 aplicativos indicados para o uso das PME :::

TRELLO (Grátis)

É uma ferramenta de gestão de projeto com interface simples e intuitiva. Os projetos são representados e organizados em quadros ou cartões contendo listas de tarefas e afazeres compartilhados entre usuários em tempo real.

Disponível: Apple Store ou Google Play

CAMCARD (Grátis)

Aplicativo que funciona como se fosse um scanner. Com ele é possível salvar cartões de contatos como se fossem fotos. A ferramenta é capaz também de extrair os dados da imagem e organizá-los na agenda telefônica, por exemplo.

Disponível: Apple Store ou Google Play

GOTOMEETING (Grátis)

É um aplicativo desenvolvido para a realização de reuniões online. Muito útil para profissionais que não estão em um mesmo lugar, mas que necessitam discutir assuntos e temas numa reunião.

Disponível: Apple Store ou Google Play

EVERNOTE (Grátis - mas tem versão paga)

Este aplicativo tem como principal funcionalidade o armazenamento de qualquer informação fornecida pelo usuário. Ele pode guardar textos, artigos e outros tipos de conteúdo para que seja lidos a qualquer hora.

Disponível: Apple Store ou Google Play

PIPEDRIVE (US$ 12 por mês)

Aplicativo que gerencia fluxo de vendas. Apresenta em uma plataforma simples informações sobre os negócios que estão sendo realizados, organiza contatos, faz previsão de próximas vendas, entre outras ferramentas.

Disponível: Apple Store ou Google Play

OMNIFOCUS (US$ 19,99 por mês)

Aplicativo permite que você mantenha controle sobre suas tarefas no que se refere ao lugar, pessoas ou mesmo projetos. Nele você pode fazer listas de compras, agendas, projetos de casa, etc. O app também sincroniza tarefas.

Disponível: Apple Store ou Google Play

EXPENSIFY (Grátis)

O app foi desenvolvido para fazer o controle de orçamento. Assim que paga uma conta, o usuário pode tirar uma foto do comprovante e organizar as informações sobre a despesa.

Disponível: Apple Store ou Google Play

PODIO (Grátis até cinco colaboradores)

É uma ferramenta de colaboração social que permite criar aplicativos e configurar espaços de trabalho para apoiar fluxos de trabalho.

Disponível: Apple Store ou Google Play

WEBEX (Varia conforme o uso ou tamanho da empresa)

Aplicativo de conferência online. Ele também combina compartilhamento de área de trabalho por meio de um navegador.

Disponível: Apple Store ou Google Play

TIGER TEXT (Grátis, mas versão que custa US$ 2,50 por ano)

O TigerText é um aplicativo para iPhone que promete apagar mensagens de texto do telefone do destinatário, após um período previamente estabelecido. Útil para quem precisa de sigilo no compartilhamento de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
Inovaçãoinoveparaempreender

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.