Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Apoio financeiro do governo dos EUA aos bancos está declinando, diz Fitch

Número de instituições que a agência acredita que receberiam ajuda em caso de necessidade se reduziu em mais de 50%, segundo relatório

Renato Martins, da Agência Estado,

15 de dezembro de 2011 | 19h34

NOVA YORK - O apoio financeiro atual e potencial do governo dos EUA aos bancos do país está declinando, embora não tenha desaparecido totalmente, diz relatório da Fitch Ratings. O relatório acompanha comunicados da Fitch revisando os ratings de 17 bancos.

Segundo a Fitch, o grupo de bancos que a agência acredita que receberiam apoio em caso de necessidade se reduziu em mais de 50%. "Apesar disso, a Fitch vê os oito bancos mais proeminentes e importantes para a preservação do sistema, inclusive os recentemente incluídos Morgan Stanley e Goldman Sachs, como os únicos candidatos a apoio. O Piso para Ratings de Apoio para esses bancos está agora em A, depois de rebaixamento a partir de A+".

O relatório acrescenta que "embora a intenção de remover apoio de todos os bancos esteja clara, a Fitch acredita que os riscos ainda elevados e os mercados de crédito abalados não permitirão que a mesma postura seja aplicada aos bancos maiores e mais interconectados, sem criar consequências indesejadas".

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
euabancosfitchagenciagoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.